Início > Uncategorized > Marina é ou não amiga do mercado?

Marina é ou não amiga do mercado?

Ler no navegador | Preferências de Recebimento
Facebook icon Curtir Twitter icon Tweet Forward icon Encaminhar
m5mbanner.084114.jpg
Marina é ou não amiga do mercado?

:. Terrorismo

:. 
Me dê motivo

:. Afinal, Marina é amiga ou não do mercado?

:. O alerta dos imóveis

:. HRT virou empresa

:. O apetite da JBS —> exclusivo para o PRO


:. A empresa antifrágil —> exclusivo para o PRO

:. Os diferentes tipos de bancos —> exclusivo para o PRO

00:12- Terrorismo

O principal evento da agenda econômica de hoje é a divulgação do IBC-Br, tido como prévia do PIB. O indicador marcou retração de 1,48% em junho, indicando o segundo mês consecutivo de encolhimento da economia brasileira.

O resultado superou as projeções, que apontavam queda em torno de 1,6% para a atividade, comprovando a tese de “pessimismo excessivo” e “terrorismo” por parte do mercado.

Ironias à parte, Carlos Hamilton, diretor do Banco Central, logo tratou de acalmar os ânimos: “o IBC-Br não é uma medida do PIB”.

Para ser, basta que aponte crescimento.

01:23- 
Me dê motivo

Pela inegável retração da atividade econômica, inflação insistentemente alta mesmo com represamento de preços e desequílbrio de contas públicas, promovemos o debate construtivo sobre a economia brasileira entre os economistas Eduardo Giannetti, Mansueto Almeida e Marcos Lisboa, que ocorrerá na próxima segunda-feira em São Paulo.

Mas embora esteja acostumado a comemorar notícia ruim, não é pelo IBC-Br que o mercado tem uma sexta-feira de euforia.

E também não é somente pelo tom pacífico do Putin, que esfria os ânimos em relação ao conflito Rússia-Ucrânia…

Muito embora esse último sugira um pouco menos de pressão sobre os preços do petróleo, e Petrobras seja a petroleira que perde quando o petróleo sobe, não é por isso que as ações da estatal disparam mais 4%, puxando a Bolsa.

Alguma pista?

Ainda que o rali eleitoral da Bolsa tenha se esgotado lá em maio, segundo defenderam alguns analistas à época, fato é que a grande questão para os mercados diz respeito à definição da candidatura do PSB.


CapturadeTela2014-08-15as13.19.12.131927.jpg
02:33- Afinal, Marina é amiga ou não do mercado?

A impressão a seguir é um resumo do que temos ouvido de investidores, representantes de empresas listadas e gestores de recursos em geral:

Marina é uma incógnita em alguns pontos, mas a percepção inicial do mercado é de que traz uma equipe econômica gabaritada e seus conselheiros estão mais à direita do que a situação. Além disso, teria de aceitar alguns termos do PSB para a efetivação de sua campanha (e vice-versa), o que amenizaria as suas posições mais radicais. Também agrada o fato de ela ter defendido o tripé econômico em evento junto a representantes do mercado de capitais.

Falamos isso ainda com o devido respeito que a situação exige e alertamos para a persistência de um elevado nível de incerteza.

03:14- O alerta dos imóveis

Passando da agenda econômica para o expediente corporativo, destaque para a infinidade de resultados trimestrais de empresas listadas. A esta altura do campeonato, já podemos tirar algumas impressões firmes, e a primeira – inequívoca – diz respeito à situação difícil para o setor imobiliário.

Os distratos estão altos, a velocidade de vendas mais morosa e o crédito pode arrefecer com recrudescimento das condições de liquidez internacional.

Bolha?

Ainda não encontramos elementos para crer em um derretimento abrupto e significativo dos preços, típico do estouro de bolhas, mas sim uma queda nos preços, em doses homeopáticas. Bolha é um conceito técnico, muito bem definido.

Alguns resultados chegam a ser trágicos Brookfield) no setor, outros razoáveis (EZTEC) e alguns ótimos (MRV), denunciando a enorme disparidade entre as empresas e o componente intrínseco a cada uma. De modo geral, a baixa renda (MRV e Direcional) mostra-se mais resiliente no momento.

PS: Além da MRV, outro ótimo resultado desta sexta-feira é de uma das 5 Ações para Comprar Agora, promovendo a sua disparada na Bolsa.

04:08- HRT virou empresa

Quem diria, outro destaque da temporada de resultados é a petroleira junior HRT.

A companhia registrou lucro líquido pelo segundo trimestre consecutivo, de R$ 9,7 milhões entre abril e junho. Isso poderia não ser relevante, mas o é por não tratar-se de um lucro contábil ou via venda de ativos, mas sim um resultado estritamente operacional. A história virou depois que a companhia adquiriu o campo de Polvo.

Sua posição de caixa ao final do período estava em R$ 365 milhões, sendo 19% superior à do primeiro trimestre, com ingressos de R$ 132 milhões da venda de óleo, R$ 88,9 milhões referentes a cash calls de campanhas de exploração e produção e R$ 1,5 milhão ligado a prestação de serviços a terceiros.

A grande questão é: por que HRT não fez o óbvio antes?

Quando a empresa de petróleo resolveu ter um poço com petróleo, virou empresa.

bannerpro.png
O apetite da JBS —> exclusivo para o PRO

m5m-desfocada01_8.jpg
A empresa antifrágil —> exclusivo para o PRO
m5m-desfocada02_9.jpg
Os diferentes tipos de bancos —> exclusivo para o PRO
m5m-desfocada03_10.jpg
assinatura-beto.jpg
Quer ter acesso à versão completa?
Custa só R$ 9,90 por mês. Basta clicar abaixo:
bannerm5mpro.png
Política de Privacidade | Disclosure | FAQ
Esta mensagem foi enviada para jonasjr como parte da assinatura gratuita do conteúdo Empiricus. Se não deseja mais receber nenhuma de nossas newsletters, clique aqui.

Para escolher qual(is) de nossas newsletters deseja receber, clique aqui.

Empiricus Research
Rua Iguatemi, 354 cj 101
01451-010
Itaim Bibi – São Paulo/SP

o.gif

Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: