Início > Uncategorized > Venda de imóveis tem melhor desempenho em quatro anos

Venda de imóveis tem melhor desempenho em quatro anos

Jonas Federighi

Begin forwarded message:

From: Wolney Feres <wolney>
Date: 23 de agosto de 2013 09:01:26 BRT
To: undisclosed-recipients:;
Subject: Venda de imóveis tem melhor desempenho em quatro anos

Venda de imóveis tem melhor desempenho em quatro anos

Tauana Marin
do Diário do Grande ABC

Nos últimos quatro anos, o volume de vendas de apartamentos novos nunca foi tão bom no primeiro semestre como no deste ano no Grande ABC. Enquanto que entre janeiro e junho de 2010 foram comercializadas 2.794 unidades, no mesmo período de 2013 foram 3.957 – 41,6% a mais. Na comparação com os seis primeiros meses do ano passado, quando foram comprados 3.412 apartamentos, o montante é 16% maior (veja evolução acima).

Os dados, divulgados ontem pela Acigabc (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC), mostram ainda que houve redução de 40,1% no estoque durante o primeiro semestre: de 4.408 unidades em 31 de dezembro, para 2.639 até o fim de junho. “É um excelente resultado. O mercado se mostra bastante ativo. Neste primeiro semestre prevaleceu a venda de imóveis de dois dormitórios (54% do total), cujo valor varia entre R$ 230 mil e R$ 350 mil”, explica o presidente da associação, Milton Bigucci.

Enquanto as vendas superaram as expectativas, a quantidade de lançamentos no período foi inferior aos primeiros seis meses de 2012. Foram lançadas 2.094 unidades contra 2.531, respectivamente – queda de 17,3%. De acordo com Bigucci, as empresas optaram por priorizar as vendas dos apartamentos em estoque. “Foi estratégico. Muitas construtoras seguraram o lançamento de empreendimentos já aprovados para construção. A projeção é que até o fim do ano isso seja revertido e os empresários voltem a lançar.”

A queda de lançamentos imobiliários justifica a redução de vagas de emprego na construção civil, de janeiro a julho, na região, conforme publicou ontem o Diário. De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, foram fechadas 306 vagas. “Precisamos lembrar que esse fenômeno é cíclico. Provavelmente, com o anúncio de novas obras até o fim do ano, esse quadro é revertido”, esclarece o presidente da Acigabc.

PERFIL – O consumidor que mais tem comprado imóvel novo na região é o pertencente à nova classe média, que trabalha com carteira assinada e, consequentemente, consegue financiamento imobiliário, devido à comprovação de renda, para comprar seu primeiro apartamento. Exemplo disso é que, apenas a Caixa Econômica Federal desembolsou R$ 964,6 milhões até junho deste ano para a região. O valor é 22,71% superior ao mesmo período de 2012, que chegou à marca de R$ 786,1 milhões. De acordo com o banco, até dia 28 de junho cerca de 7.600 contratos foram realizados na área habitacional entre as sete cidades.

COMPARATIVO – Enquanto na Capital foram vendidas, no primeiro semestre, 17,5mil unidades verticais novas, no Grande ABC foram 3.957 – 22,6% do comercializado em São Paulo. Já na comparação com o desempenho da Região Metropolitana, a região tem participação maior no total de vendas: de 35,3%.

DESTAQUE – Santo André foi o município com melhor desempenho em vendas, com 1.231 imóveis comercializados (equivalentes a 31% da região). São Bernardo vendeu 1.073 moradias (27%), seguida por Diadema com 815 unidades (21%).

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: