Início > bairros, Brazil, Economia, Mercado Imobiliario, Urbanismo > Conheça o projeto da Nova Arena do Palmeiras

Conheça o projeto da Nova Arena do Palmeiras

Conheça o projeto da Nova Arena do Palmeiras

Publicado em sexta-feira 28 maio, 2010 – 22:26 por Vanessa Rodrigues
Rate This

 


 
O Estádio Palestra Itália passará por uma reforma total para que se transforme no mais moderno complexo esportivo das Américas, conheça o projeto da Nova Arena do Palmeiras e a história deste estádio que é  um dos mais antigos do Brasil.

Conheça a Nova Arena!

O projeto da Nova Arena, feito pelo arquiteto português Tomás Taveira, já está regularizado na Prefeitura de São Paulo e passou com aprovação por todos os departamentos e secretarias municipais envolvidos na questão. O investimento total no estádio será de cerca de R$ 300 milhões e a previsão é para que fique totalmente pronto em 2012. A empresa responsável pela construção é a WTorre.

“Nossa previsão é que em aproximadamente um ano os prédios administrativo e de quadras estejam prontos. Já em relação à Arena, calculamos dois anos. Ou seja, em meados de 2012 todo o complexo estará pronto”, afirma José Cyrillo Jr, diretor de Planejamento do Palmeiras.

A capacidade da Arena será de 45 mil expectadores e não servirá apenas para o futebol, será também sede de eventos culturais, musicais e esportivos em geral. Para shows, a capacidade chegará a 60 mil. Contará com um auditório modular que comportará entre 500 e 2.000 pessoas e um anfiteatro modular para receber eventos de 2.000 a 20 mil pessoas.

O anel inferior da arquibancada será fechado na parte das piscinas, passando para uma capacidade de 30 mil lugares. Acima, dois andares com cerca de 250 camarotes e cabines de imprensa se erguerão (um restaurante, com vista para o campo, será instalado neste novo anel). A capacidade total deste novo espaço ficará em torno de 5 mil lugares.

A imprensa ficará instalada nos dois lados do campo (do lado da av. Padre Tomás ficarão as cabines de TV, e do lado da Turiassu, as cabines de rádio e imprensa escrita). Por fim, um anel superior, que será destinado às cadeiras especiais da nova Arena, comportarão um público estimado de 10 mil torcedores.

Para não prejudicar a área do conjunto aquático e, assim, causar transtornos aos sócios, o campo de futebol será deslocado cerca de 7 metros em direção ao lado do placar eletrônico. A parte inferior do gramado –onde hoje estão os vestiários do futebol profissional, de um lado, e os vestiários femininos, de outro—será totalmente aproveitado no novo projeto. Este local contará com quatro novos e modernos vestiários para as equipes de futebol, totalmente adaptados às exigências da FIFA.

A entrada dos times em campo, assim como a posição dos vestiários, também muda. Na Arena, os times passam a ter entrada comum, pela área central do gramado (onde ficam hoje as numeradas cobertas). Assim, os ônibus com as delegações do Palmeiras e visitantes vão ter acesso pelo portão da Turiassu.

O Jardim Suspenso, inovação do Palestra Itália, continua. Mas com modificações. Os torcedores, por exemplo, não transitam mais no corredor abaixo do campo, que passa a ser apenas para o corpo administrativo da Arena, autoridades, policiais, ambulâncias, etc. Haverá, ainda, um estacionamento interno para o uso de caminhões e veículos da imprensa, além de carros da polícia e ambulâncias.

A Arena será construída com tecnologia de última geração e terá projetos de sustentabilidade, principalmente no que diz respeito ao uso e reaproveitamento de água, energia elétrica, etc.

A localização da Arena é um dos grandes trunfos do projeto. A proximidade do centro da cidade e acesso a grandes vias — como a Marginal Tietê, avenidas Sumaré, Francisco Matarazzo, Marquês de São Vicente e Pompéia— faz com que o projeto seja único e diferenciado. Isto tudo na maior cidade da América do Sul e principal centro econômico do País.

“A Arena, quando concluída, não será apenas um moderníssimo espaço para o futebol, mas será o principal local dos principais shows e eventos da cidade de São Paulo. Será uma referência mundial, um motivo de orgulho para todos os palmeirenses”, disse Cyrillo, referindo-se às múltiplas formas de utilização do espaço.

Adeus Palestra Itália! Confira a história de um dos mais antigos estádios do Brasil…

A empresa Companhia Antarctica Paulista foi quem criou o Parque da Antarctica, atual local do  Palestra Itália. O espaço escolhido, com 300 mil metros quadrados, possuía uma grande área verde, restaurantes, parque infantil, e entre outros locais de lazer, foi feito um dos primeiros campos da cidade.

O Germânia, Clube de origem alemã, era o time mandante do campo. Mas com o início da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o time diminui suas atividades e repassou seu contrato de locação para o América F.C..

Com dificuldades econômicas, o América passou a sublocar o espaço para outras equipes. Em 1917 o Palestra Itália passou a mandar seus jogos no Parque Antártica, dividindo o local com o time da casa. 

Três anos depois, contando com o apoio da Companhia Matarazzo, o Palestra Itália comprou em prestações o campo de futebol e grande parte do terreno do Parque Antarctica pelo valor total de 500 contos de réis. Como combinado na escritura, durante 99 anos (1904, até 2003) só produtos da fábrica poderiam ser vendidos.

Na reforma que aconteceu em 1950 a arquibancada foi reconstruída e o campo foi suspenso,  daí surgiu o apelido de “Jardim Suspenso”, os vestiários foram construídos no sub-solo.  O estádio já passou por várias reformas mas nada que se compare ao novo projeto, como explica o presidente do Palmeiras  Luiz Gonzaga Belluzzo

“Estamos prestes a sofrer uma verdadeira revolução na nossa história. O projeto Arena é um presente para todas as gerações de palmeirenses e palestrinos. Não é um projeto de uma Presidência ou uma diretoria, mas sim de todos os palmeirenses. Estamos muito perto de uma total independência financeira, da realização de ter um estádio moderno e um clube totalmente novo”, afirmou Belluzzo.

Imagens do projeto: Site Oficial do Palmeiras
Imagens do estádio:Vanessa Rodrigues/Jornalismo FC

Referências:

About these ads
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 952 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: